10h37

Balanço do Feriado de Natal - DEL09-RS - Santa Maria

O grande esforço que vem sendo realizado desde o início de dezembro com a Operação RodoVida contribuiu para a redução do número de acidentes e de sua letalidade. Usando números preliminares, de 20 a 25 de dezembro a PRF registrou redução de 51% no índice de acidentes graves (aqueles onde houve ao menos um ferido grave ou um óbito), registrando o número de 3,25 acidentes graves por milhão de veículos em circulação. Com essa queda também foi registrada uma diminuição de 16% no índice de mortalidade nas estradas brasileiras, registrando um total de 2,1 mortes por milhão de veículos. Apesar disso, o balanço de Natal da PRF mostra que muitas famílias não puderam comemorar os últimos dias de 2014, foram 183 mortos e 2.224 feridos nos 3.258 acidentes.

Entre os fatores que podem ser elencados como contribuintes para a redução da gravidade das ocorrências de trânsito atendidas pela PRF estão o esforço na fiscalização, alcançando aproximadamente 127.000 pessoas fiscalizadas, e as ações integradas de fiscalização em pontos considerados críticos. A Operação Rodovida é fruto da integração entre a Casa Civil, Ministérios da Justiça, Saúde, Cidades, Transportes e os órgãos estaduais e municipais para reduzir as mortes no trânsito.

Ainda não foi desta vez que os condutores se sensibilizaram sobre sua responsabilidade no trânsito. No período, a cada 63 testes de alcoolemia a PRF flagrou um condutor dirigindo sob a influência do álcool, resultando na retirada de circulação de 569 condutores embriagados.

Números preliminares

3.258 acidentes (redução de 17% no índice de acidentes – 37,53 x milhão de veículos em circulação)

282 acidentes graves (redução de 51% no índice de acidentes graves – 3,5 x milhão de veículos em circulação)

2.224 feridos (redução de 20% no índice de feridos – 25,6 x milhão de veículos em circulação) 

Nos mais de 600 Km de rodovias federais que alcançam e passam por 13 município da região central do Rio Grande do Sul, foram registrados 05 acidentes sem vítimas e 04 acidentes com pessoas feridas, foram 05 pessoas feridas  e nenhuma morte.

Ainda assim, com todo o esforço e trabalho de fiscalização e conscientização houve aumento no número de acidentes e feridos se comparados ao período do mesmo feriado em 2016, onde foram 03 pessoas feridas envolvidas em 02 (dois) acidentes.

Os acidentes em sua maioria foram causados por fatores humanos, relacionados a condutas e escolhas dos motoristas. Trânsito é um assunto sério, que é tratado com responsabilidade pela PRF. A direção responsável, com o cumprimento das normas de trânsito, responsabilidade e educação é um dever de cada condutor, que adotando medidas preventivas irá colaborar de forma relevante para a defesa e proteção não só de sua vida e patrimônio, mas também da vida e patrimônio de todos os demais usuários das rodovias.

O próximo desafio e objetivo da PRF é que não exista nenhuma vida perdida no feriado de Ano Novo, nenhuma família desfeita e nenhum sofrimento decorrente de acidente de trânsito. Sua participação nesta missão é muito importante.